segunda-feira, fevereiro 26, 2018

KISS: como assim sem PAUL STANLEY ?

Pasmem ou não, mas o  icônico front man do KISS trabalha com a possibilidade da banda continuar sem ele. E ai que me pego pensando.... os caras serão os únicos no mundo a protagonizar isso , segundo o pensamento dele.

Veja entrevista à Billboard.

"O pensamento de eu não estar envolvido, certamente, vem à mente. Não tenho certeza sobre a ideia do Kiss chegar ao fim. Construímos algo tão icônico e penso que transcendeu qualquer um dos membros, então, posso certamente não me enxergar por lá no futuro, sério", afirmou.
Stanley disse que muitos não acreditavam que o Kiss poderia seguir sem dois de seus integrantes originais - o guitarrista Ace Frehley e o baterista Peter Criss. "Houve uma época em que as diziam que tínhamos de ser só nós quatro (Stanley, Frehley, Criss e o baixista e vocalista Gene Simmons) e essas pessoas já estão 50% erradas. Então, aposto que outras ausências também podem ser superadas", comentou.
Em outro momento da entrevista, Paul Stanley deu a entender que, atualmente, tem mais tempo para seus trabalhos com artes visuais - além de músico, ele também é pintor - do que para o Kiss. "Não quero sair de casa. Tenho família, filhos e, honestamente, acho que a minha responsabilidade principal é ser um pai,e não quero perder isso. Conforme envelhecemos, percebemos que a vida terá um fim e sou eu que escolho o que quero fazer agora", disse. Apesar disso, o Starchild espera que uma turnê mundial seja feita em breve, embora ele destaque que não sabe quantas mais ele conseguirá fazer.

fonte: Billboard 

Nenhum comentário:

Postar um comentário