domingo, março 09, 2014

Breaking The Law – Judas Priest

Há músicas que viram clássico, marcam época, e o tempo somente fortalece essa condição! Vira referência! Torna-se querida por várias gerações. Não somente pela qualidade da composição, da estrutura, melodia, harmonia da música, mas também pelo carisma da banda, técnica instrumental, da mensagem que a letra transmite, um conjunto de fatores contribui para isso. No clássico dessa postagem, vamos falar sobre “Breaking The Law” faixa presente em British Steel, sexto álbum de estúdio do Judas Priest, sendo lançado em 1980. Na realidade British Steel é um marco do Heavy Metal Clássico, um dos pilares da NWBOHM (Nova Onda do Heavy Metal Britânico). É coeso e todas as faixas são verdadeiros hinos. Esse álbum ajudou a consolidar os britânicos a nível internacional, ocupando lugar de destaque nas paradas americanas e também nos top 20 da Inglaterra. Além de Breaking The Law, havia hits como “Metal Gods”, “United” e “Living After Midnight”.
Capa - "British Steel"
Foi uma transição do rock dos anos 70 para uma nova abordagem, mais rápida e agressiva, que era a cena Heavy Metal na época, que se distanciava do blues e das raízes do rock clássico. Breaking The Law se baseia num riff simples, porém genial, veloz e desafiador, que dita o ritmo durante toda a música. A faixa é curta, direta e agressiva! Destaque para o carisma do vocalista Rob Halford que a conduz com maestria. RH é um ícone do metal! O refrão é sensacional, empolgante e mesmo quem não pertence a “praia do rock” já deve ter ouvido ou cantarolado sem perceber “breaking the laaww, breaking the laww...breaking the lawww”! Na versão de estúdio não tem solo de guitarra. Em algumas versões ao vivo podemos encontrar um breve solo de guitarra de KK Downing e o andamento mais rápido e pesado.


Vale lembrar que naquela época não havia os aparatos tecnológicos que os artistas desfrutam nos dias atuais, e os efeitos sonoros eram feitos na “unha” e com muita criatividade. O efeito de vidro quebrado, a banda literalmente usou as garrafas de leite que um leiteiro havia entregado para eles, e a sirene da policia era Downing fazendo o braço de sua Stratocater tremular. A letra fala da falta de perspectiva, de rebeldia, algo muito comum na fase de transição da adolescência para a vida adulta. Pelo próprio refrão que é repetido inúmeras vezes: “Violando a lei” ou “Infringindo a lei” podemos ter ideia dessa insatisfação. Esse disco conta com a entrada do baterista Dave Holland ex Trapeze, substituindo Les Binks. O riff é um dos mais tocados e também desejados quando alguém quer aprender a tocar guitarra ou violão. Muito “maluco” entra na escola de música e já quer sair tocando breaking the law. Incontáveis bandas fizeram sua versão, mas dentre estas, podemos destacar: Motorhead, Stryper, Therapy e Hammerfall. Formação Judas Priest: Rob Halford (vocal); KK Downing (guitarra); Glenn Tipton (guitarra); Ian Hill (baixo) e Dave Holland (bateria). Abaixo você confere o videoclip com a versão original do Judas Priest e outra versão ao vivo com os suecos do Hammerfall:
 

não esqueçam de pausar a programação StockRockRádio acima



Por Juniorock

Nenhum comentário:

Postar um comentário