quarta-feira, junho 12, 2013

David Gilmour por trás das cordas part.II

Salve amigos das seis cordas! A postagem anterior arrebentou, também tendo David Gilmour como protagonista era de se esperar. Hoje vamos conhecer um pouco mais dos pedais e as configurações que o mestre Gilmour usava em diferentes épocas. Uma tecnologia que ainda hoje é referencia e que engenheiros tentam exaustivamente reproduzi-la nos atuais simuladores, sem muito êxito.
Aproveitem e curtam também os registros fotográficos que são um portal direto a psicodelia dos anos 70 e a energia do Pink Floyd.


Anos de 1973 a 1975
DALLAS ARBITER Fuzz Face ( com transistor silicio BC108 ). 
VOX wah 
BINSON Echorec II 
BINSON Echorec PE-603 TU com pedal footSwitch 
DEARMOUND volume pedal 
COLOURSOUND Power Boost 
UNIVOX Uni-Vibe
KEPEX processor trêmulo em “MONEY”. 
EMS Synthi Hi-Fli guitar effect processor
CRY BABY Cry Baby wah wah ( 1974 ).
MXR Dynacomp (1975)


 


Sintetizador loucasso que foi criado pelo David Cockerell que logo se firmouna Electro harmonix criando efeitos como o Small stone e o Micro Sinth.Igual a este só existem 350 no mundo e com ele você tira extrai Octave shift,Phasers, Boosters, ring modutator e muito mais.




Anos de 1975 a 1976
DALLAS ARBITER Fuzz Face ( com transistor silicio BC108 ).
CRY BABY Cry Baby wah wah modificado por Pete Conish para reverter o sinal
BINSON Echorec II
DEARMOUND volume pedal
COLOURSOUND Power Boost
UNIVOX Uni-Vibe
EMS Synthi Hi-Fli guitar effect processor 
MXR Dynacomp
 



Phase 90 usado nas músicas “ Shine On”  ,  ” Have a Cigar ” e ” Time “


por:vermelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário