domingo, fevereiro 24, 2013

Whole Lotta Rosie - AC/DC

Há músicas que viram clássico, que marcam uma época, e o tempo somente fortalece essa condição! Vira um mito! E se torna querida por várias gerações. Não somente pela qualidade da composição de estrutura/melodia/harmonia da música, mas também pelo carisma da banda, da mensagem que a letra transmite, são conjuntos de fatores que contribuem para isso. No clássico dessa postagem, vamos falar sobre “Whole Lotta Rosie”, uma faixa que faz parte do álbum "Let There Be Rock", lançado em janeiro de 1977, pelo AC/DC. Uma letra interessante e bizarra, pois conta uma passagem real vivida pelo carismático vocalista Bon Scott.
 
Nos shows ao vivo, quando a música está sendo tocada, surge "Rosie", uma boneca inflável gigante aparece no palco. Veja figura acima! A letra em si fala da “transa” de Bon Scott com a groupie Rosie, uma mulher de grandes proporções, com formas pra lá de generosas. A letra sugere uma mulher gorda, porém sexy. Rosie realmente era fã da banda, e tinha as dimensões descritas na música. Ela trabalhava como hostess (mais que uma recepcionista, um cartão de visitas, uma anfitriã) em um bar de Melbourne.  Eles se conheceram numa balada em Melbourne, e Rosie resolveu atacar Scott. O dia nasceu, e juntos na cama, Bon Scott deu-se conta de Rosie, imensa ao seu lado. A balada deve ter sido pesada! E ai, dá pra encarar a "Rosie"?Whole Lotta Rosie está entre os maiores hits, sempre presente em shows da banda. Com certeza os riffs da música, estão entre os melhores, mais intensos e mais conhecidos da história do rock. Uma sonoridade supersônica, com riffs em altíssima voltagem, o AC/DC nos presenteia com o mais puro ROCK, 100% pureza rock pauleira. Para acrescentar o solo brilhante, e avassalador de Angus Young. Sem dúvida, um clássico! Abaixo você confere a versão original com Bon Scott, e depois a versão com Brian Johnson. Escolha a sua versão preferida.
   


Não esqueçam de dar pause no Play do StockRock


Por Juniorock
juniorock@stockrockradio.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário