segunda-feira, fevereiro 25, 2013

Slayer x DAVE LOMBARDO

Salve amigos do rock! A semana passada terminou com um assunto bombástico para os fãs do Heavy Metal. Dave Lombardo o batera oficial do Slayer deixou as baquetas da banda dias antes da tour pela Austrália. 
O motivo ......grana brothers! Confira matéria.

Esta quinta-feira (21/02) deve ter deixado muitos fãs de Slayer surpresos. Dave Lombardo está fora da banda outra vez. O baterista postou uma nota em sua página no Facebook explicando que questões ligadas à gestão das finanças motivaram sua saída. A notícia surgiu poucos dias antes da turnê pela Austrália, que começa neste sábado. "Quero me desculpar pessoalmente com todos os nossos fãs australianos que compraram ingressos para a turnê esperando me ver no lugar de sempre, a bateria", escreveu ele. “Para que todos saibam a verdade, no final do dia 14 de fevereiro, fui informado que não iria tocar na Austrália. Estou triste e, para ser sincero, chocado com a situação". "No ano passado, descobri que 90% da renda das turnês estavam sendo deduzidas como despesas, incluindo honorários profissionais pagos aos empresários", explicou Lombardo, destacando que o quarteto vinha tendo prejuízos. "Em minha opinião, essa não é a maneira como os negócios de uma banda devem ser operados". O baterista conta que descobriu não ter sido pago adequadamente pelos shows que fez em 2012 – "exceto um pequeno adiantamento". Completa revelando que, para receber o dinheiro, deveria assinar um contrato "que não me dava qualquer garantia por escrito de quanto seria deduzido e nem me permitia acesso aos relatórios financeiros ou registros para revisão. O documento também me proibia de dar entrevistas ou falar algo relacionado à banda". Decidido a sugerir mudanças na administração, Dave Lombardo procurou o baixista e vocalista Tom Araya e o guitarrista Kerry King, o qual, segundo ele, "deixou claro não estar interessado em fazer mudanças e disse que, se eu quisesse discutir, iria procurar outro baterista". Em uma nota endereçada ao site Blabbermouth, o grupo diz não concordar com o que foi dito pelo baterista. "O Sr. Lombardo procurou a banda a menos de uma semana de nossa partida já agendada rumo à Austrália para apresentar um conjunto totalmente novo de termos referentes ao seu envolvimento, os quais eram contrários aos anteriormente acordados. A banda não tinha condições de chegar a um acordo sobre essas novas demandas no curto espaço de tempo disponível antes da saída para a Austrália", diz o texto, que finaliza com: "O Slayer não fará mais comentários". O Slayer surgiu em 1981, com Araya, King, Lombardo e Jeff Hanneman. O baterista desligou-se do posto em 1986, mas retornou no ano seguinte, permanecendo até 1992. Somente em 2002 reassumiu as baquetas do grupo novamente.
fonte:guitarplayer
por:vermelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário