quarta-feira, janeiro 09, 2013

Hiwatt: os valvulados do The Who

Salve amigos das seis cordas! Hoje a papo é quente e bate na orelha como uma pancada bem forte. Vamos falar de um dos amplificadores valvulados mais emblemáticos da década de 70. 
Com uma história interessante marcou época junto ao The Who ,que alavancou a marca levando-a ao estrelado,estou falando da Hiwatt.

A Hiwatt é uma empresa britânica, que fabrica amplificadores para guitarra e baixo. A partir do final dos anos 60, juntamente com Marshall e Vox, a marca deu forma a um conceito chamado de som de guitarra “British”. Hylight Electronics foi ideia do engenheiro de áudio britânico David Reeves. Ele frequentou escola técnica no final dos anos 50 e fez estágios na Marconi Electronics e na Mullar. Trabalhando noite e dia, o jovem Reeves começou sua história em um quarto pequeno, no começo do ano de 1964. Foi nessa época que ele concebeu a ideia de começar sua própria companhia, primeiramente focada em eletrônicos. O sucesso, no entanto, deve-se ao momento em que seus produtos foram criados para atender às exigências dos lendários guitarrista e baixista do The Who, Pete Townshend e John Entwistle. Ambos estavam usando amplificadores não muito potentes em meados de 1967, até que no final de 1968, eles se aproximaram da empresa, perguntando se seus equipamentos poderiam ser modificados para melhor satisfazê-los. De início, o pedido foi negado, mas um ex-funcionário da Sound City (Reeves) concordou e criou o personalizado amplificador Sound City L100, sob domínio da Hyhlights Eletronics (batizado com esse nome por influência de uma banda de um amigo dos anos 60, The Hylights). Este modelo foi renomeado e passou a chamar-se DR103 Hiwatt, que viria a ser novamente modificado em 1970, tornando-se o clássico “Super Who 100 CP103,” que passou a ser o modelo usado por Townshend quase que exclusivamente por mais de uma década. Em 1973, este modelo foi atualizado e ganhou o nome de “DR103W”, ainda usado pelo guitarrista do The Who.


por:vermelho
fonte:musicaetudo

Nenhum comentário:

Postar um comentário