quarta-feira, junho 13, 2012

Guia de Técnica para Guitarra - Daril Parisi

Salve amigos das seis cordas! Hoje vamos falar sobre um método que revolucionou a maneira de se aprender a tocar guitarra no Brasil. Fica até difícil falar nesse assunto hoje em dia com tantos recursos existentes que vão desde vídeo aulas,guitarras fabricadas especialmente para o aprendizado,youtube,revistas,sites diversos, etc.Mas na década de 80 não era assim não, ou você importava os books (com partituras),ou ia até a Casa Bevilacqua no centro de São Paulo tirar xerox do pouco material que existia.Estou falando de uma época que Vídeo Cassete era tecnologia de ponta.
Mas mentes brilhantes sempre existiram, e é ai que entra em cena um guitarristas contemporâneo que além de tocar muito trouxe a todos o ¨Guia de Técnica para Guitarra¨.

Daril Parisi ,na época guitarrista da Banda Platina, enchia os olhos de todos com suas levadas modernas e incríveis solos que fugiam ao padrão das bandas paulistanas como Harpia,Centúrias,Eclipse e outras.Ele foi o responsável por essa virada nos métodos para guitarra.
O Guia de Técnica para Guitarra, foi o primeiro método em tablatura lançado no Brasil(1983).Adotado por professores e escolas em todo país,e tornou a cartilha do aluno iniciante,o que consolida o sonho de seu autor, por contribuir para o aprendizado de uma legião de guitarristas.
Hoje quase trinta anos depois o método sofreu algumas alterações,mas continua contribuindo para a formação de seus alunos.

http://www.myspace.com/darilparisi
O Guia de Técnica para Guitarra usa somente a tablatura, pois esta é a linguagem adequada para a instrução prática, já que representa o braço do instrumento, indicando as rotas a seguir e as técnicas a serem utilizadas. A 1ª parte do método contém todos os elementos didáticos fundamentais, mapeados no braço para criar uma visualização ampla e dinâmica: modelos de digitação para a execução das escalas e seus rudimentos; encadeamentos de escalas; estudos de intervalos; formações de acordes; progressões harmônicas e os diferentes sistemas de afinação. Na 2ª parte temos 20 composições em estilos diversos transcritas para tablatura (Licks'n Tracks), sendo que cada uma está gravada em 3 versões: tema, playback e solo, destacando a guitarra no canal direto e o baixo, no esquerdo. As trilhas foram compostas com ingredientes do Guia de Técnica, não só para ensinar a aplicação dos estudos transformados em licks, mas para que se aprenda com esses licks, a combinar rudimentos e articulações de ligaduras (slides, hammers, pull-offs, bends) próprias da pronúncia melódica da guitarra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário