domingo, abril 29, 2012

Dica de Álbum: "Blood Of The Nations" - Accept

Capa do álbum

Após o lançamento do álbum “Predator” em 1996, os alemães do Accept ficaram 14 anos sem gravar um disco novo. Sem contar com o líder e grande vocalista Udo Dirkschneider (o baixinho invocado) em carreira-solo, ficava difícil acreditar numa volta do Accept em grande estilo. Para a felicidade geral dos amantes do Hard Rock Metal isso se tornou realidade! “Blood Of The Nations” lançado em 20 de agosto de 2010 pela Nuclear Blast Records veio resgatar os ótimos trabalhos da banda. Lembrando que é o primeiro álbum do Accept com o novo vocalista Mark Tornillo. Tornillo tem a voz esganiçada e rouca, um tipo de vocal que faz lembrar Udo, e se encaixa com perfeição ao metal veloz e urgente da banda. Mas quero destacar aqui, que: embora tenha alguma semelhança, Mark Tornillo tem estilo e identidade própria, e ao fazer a audição do álbum, em nenhum momento senti falta de Udo (antigo vocalista). A sonoridade do álbum é baseada nos grandes álbuns dos anos 80, mas isso em nada significa que a música seja datada. Com a produção impecável de Andy Sneap (também produziu Megadeth, Exodus, Arch enemy, Masterplan, etc), conseguiu trazer o Accept para o frescor e tecnologia dos dias atuais. Aqui o ouvinte vai encontrar ingredientes de sobra, que fazem este disco uma grande obra! Refrãos empolgantes que dá vontade de cantarolar junto com mãos em punho. Uma metralhadora giratória de riffs supersônicos, solos belíssimos que demonstram o grande entrosamento dos guitarristas. Em algumas faixas encontramos aqueles climas épicos tipicos do metal. Para os mais saudosistas ávidos por um bom disco, este é o prato ideal. Para os mais jovens a oportunidade de conferir uma banda que é um dos pilares do heavy metal. Qualidade: Clássico do Heavy Metal Tradicional. Formação do Accept no álbum: Mark Tornillo: vocal ; Wolf Hoffmann: guitarra solo, vocal de apoio; Herman Frank: guitarra base; Peter Baltes: baixo, vocal de apoio e Stefan Schwarzmann: bateria. Abaixo segue o petardo "Teutonic Terror" e "Kill The Pain" (uma balada com um belissimo trabalho de guitarras):




Não esqueçam de dar pause no player da rádio



Por Juniorock

Nenhum comentário:

Postar um comentário