quarta-feira, fevereiro 29, 2012

StockGuitar: Fender Telecaster Thinline

Durante os anos 60, a demanda crescente forçou a Fender a fabricar seus instrumentos com ash, uma madeira pesada que, assim como o mogno, pode variar em até 30% do seu peso. Com os consumidores passando a reclamar do peso, em 1967, a empresa tentou fazer cavidades embaixo do escudo, a fim de diminuir seu peso e facilitar para os músicos. A guitarra, então, passou a ser chamada de Smuggler (contrabandista). Ela ganhou esse nome porque permitia esconder algumas “coisas” nos espaços que ficavam escondidos pelo escudo, mas o modelo não durou muito.
Telecaster Smuggler
Fender Telecaster Thinline (Surgimento) Quinta 02
Paralelamente à Smuggler, a Fender tentou criar guitarras semiacústicas, e modelos como a Coronado foram lançados, mas não deram certo. Até que Roger Rossmesl, um designer que havia trabalhado na Gibson e na Rickenbacker (no modelo 300), chegou e mudou essa história.
Das mãos de Rossmesl, veio a Telecaster Thinline 68, uma guitarra cuja manufatura era semelhante aos instrumentos da Rickenbacker. Sua construção baseia-se em ter a parte de trás recortada, dois lados escavados, apenas o centro do instrumento sólido e o tampo colado.
Com a perda de toda aquela madeira que havia antes, o timbre do instrumento, por ser em ash escavado, havia sido drasticamente modificado, o que levou ao lançamento de um versão em mogno, no final de 68. Para fechar, foi desenvolvido um escudo maior, que tinha como função tapar as cavidades inferiores.
Inicialmente, sua captação eram as mesmas das Teles Standards, mas nos anos 70, a presença dos Humbuckers foi tomando conta, a ponto que a Thinline também ganhou essa captação. Assim, com o rock de época mais pesado e denso, a Fender poderia oferecer uma Telecaster capaz de obter um som mais saturado e pesado.
Com a velha guerra Fender x Gibson, o time de Leo Fender chamou outro ex-empregado da Gibson, Seth Lover (pai e inventor do Humbucker), para desenvolver produtos com a marca. A partir desse momento, ele criou o Humbucker “Wide Range”, com imãs de CuNiFe e, em 1971, a empresa começou a equipar primeiramente as Telecasters Thinline, passando depois de um tempo a incrementar os captadores também nos modelos Custom (que apresentava um captador Single Coil na ponte e um Wide Range no braço) e a Deluxe, que vinha com braço e tremolo de Stratocaster e dois Humbuckers.
Telecaster Thinline 72 (H-H) Black
Fender Telecaster Thinline (Surgimento) Quinta 03
Telecaster Thinline 72 (H-H) Natural
Fender Telecaster Thinline (Surgimento) Quinta 04
Telecaster Thinline 68 Single Coil Sunburst – Mogno
Fender Telecaster Thinline (Surgimento) Quinta 05
Telecaster Custom 72 Black
Fender Telecaster Thinline (Surgimento) Quinta 05
Telecaster Deluxe Sunburst
Fender Telecaster Thinline (Surgimento) Quinta 07
fonte:musicaetudo

Nenhum comentário:

Postar um comentário