domingo, novembro 27, 2011

Trilhas do Rock: The Runaways

O filme “The Runaways” lançado em 2010, conta a história da banda de rock “The Runaways” (“As fugitivas”) formada somente por mulheres nos anos 70.  O filme é baseado no livro “Neon Angel” escrito pela própria vocalista Cherie Currie, retratando seu ponto de vista durante o período de 1975 a 1977. O enredo mostra um grupo de meninas (todas muito jovens nas idades de 15, 16, 17 anos) idealistas, destemidas, muito rebeldes, e toda sua determinação para atingirem seus objetivos. Com talento a flor da pele, ainda selvagem e cru, elas foram lapidadas pelas mãos do produtor Kim Fowley. Mais do que tudo, é preciso “atitude” para uma banda de rock, e estas meninas literalmente tinham de sobra. Foi isso que Fowley(produtor) percebeu, e viu nelas uma oportunidade de entrar no Show Business. Formou uma banda somente de garotas. Bad Girls! O “espertalhão” Kym Fowley ensinou, treinou e produziu as meninas para sobreviverem no mercado machista do Rock. Mostra uma talentosa Joan Jett (guitarrista, compositora), o coração, força motriz e líder da banda. Para quem não se lembra, Joan Jett é autora do super hit “I Love Rock n’ Roll” e uma das maiores roqueiras da história. Cherie Currie dá um tom de sensualidade, artístico, carisma e o toque mais feminino da banda. Fã ardorosa de David Bowie adotava um estilo de cabelos e maquiagens semelhantes ao do ídolo (glam rock). Faz um show no Japão somente de lingerie. Outro destaque do filme é Cherie fazendo um ensaio sensual para uma revista japonesa. Vale lembrar que Cherie Currie na época tinha somente 16 anos. Após uma turnê bem sucedida no Japão, onde as Runaways eram idolatradas, mostram as meninas gravando num estúdio dos EUA, e aparentemente ocorre uma crise de identidade de Cherie. No auge da festa, ela larga a banda, talvez cansada de manter uma imagem sexrockstar, e também das exigências, cobranças e manipulações impostas pelo produtor Kym Fowley. Para visualizarmos melhor o cenário da banda na época, a declaração de Cherie Currie é muito significativa: Nosso empresário, nosso agente – eles nos alimentavam com drogas. A coisa era, nos anos 70, se você não usasse drogas, havia algo de errado com você.”
1ª ilustração mostram as atrizes do filme. 2ª ilustração é a formação original da banda "The Runaways". O filme é dirigido por Floria Sigismondi, e conta com a brilhante interpretação de Dakota Fanning (Cherie Currie), Kristen Stewart demonstra muita garra interpretando Joan Jett e Michael Shannon (como o produtor “mala” Kym Fowley). As outras integrantes da banda não ganham destaque no filme. Stella Maeve interpreta a baterista Sandy West que foi apresentada a Joan Jett, através de Kym Fowley, e juntas iniciam a banda. A baixista original Jackie Fox se recusou a dar os direitos de imagem, portanto a baixista que aparece no filme é Robin interpretada pela atriz Alia Shawkat. Já Lita Ford guitarrista solo é interpretada pela atriz Scout Taylor. A trilha sonora faz jus a toda juventude, rebeldia e transgressões da banda, vindo com o mais puro e direto rock, com influências e atitudes punks!  1)  “Roxy Roller” – Nick Gilder; 2) “The Wild One” – Suzi Quatro; 3)  “It’s  a Man”s Man”s Man”s World” – MC5; 4)  “Rebel Rebel” – David Bowie; 5)  “Cherry Bomb” – Dakota Fanning; 6)  “Holywood” – The Runaways; 7) “California Paradise” – Dakota Fanning; 8) “You Drive My Wild” – The Runaways; 9) “Queens Of Noise” – Dakota Fanning & Kristen Stewart; 10) “Dead And Justice” - Dakota Fanning & Kristen Stewart; 11) “I Wanna Be Your Dog” – The Stooges; 12) “I Wanna Be Where The Boys Are (Live)” – The Runaways; 13) “Pretty Vacant” – Sex Pistols; 14) “Don’t Abuse Me” – Joan Jett. Observem que a atriz Dakota Fanning canta as faixas “Cherry Bomb” (uma das faixas mais representativas The Runaways) e “California Paradise”. Nas faixas “Queens Of Noise” e “Dead And Justice” Dakota divide os vocais com a atriz Kristen Stewart. Conta com as faixas 6, 8 e 12 originais The Runaways, além dos consagrados David Bowie, MC5, The Stooges, Sex Pistols, Joan Jett e Suzi Quatro. Uma trilha sonora de muita “responsa”!
Informações Adicionais:                         Dar pause no player da rádio
The Runaways by Rubens Vasques Lopes Junior on Grooveshark O álbum “Live in Japan” marca o fim da formação original: Joan Jett (guitarra), Cherie Currie (vocal), Lita Ford (guitarra solo), Jackie Fox (baixo) e Sandy West (bateria). Contendo faixas dos álbuns “The Runaways” e do “Queens of Noise”. Cherie Currie: Deixou a banda depois de 3 álbuns gravados (“The Runaways”, “Queens Of Noise”, “Live In Japan”). Começou uma carreira de atriz e posteriormente fez um álbum (Young And Wild) com sua irmã gêmea, Marie Currie. Para saber mais informações a respeito dela, vale a pena  a biografia “Neon Angel” repleta de histórias incriveis. Joan Jett: Continua em plena atividade. Repleta de hits famosos, é considerada uma das lendas do rock. Jackie Fox: Ex baixista, hoje em dia é advogada. Sandy West: baterista fundadora The Runaways junto com Joan Jett. Vítima de câncer faleceu em 2006. Segundo Joan Jett: “Sandy foi uma baterista exuberante e poderosa”! Lita Ford:  Grande guitarrista de hard rock e continua em atividade. Foi casada com Chris Holmes (banda W.A.S.P.) , esteve envolvida com Nikki Sixx (Motley Crue) e com Tony Iomii. Atualmente é separa de Jim Gillete (Nitro). Kym Fowley: O exótico e figurinha carimbada produtor musical/diretor/compositor, embora não fosse o cara mais honesto do mundo, foi o mentor das Runaways, e conseguiu contrato com a gravadora para as meninas. Escreveu até letras de música. É muito conhecido no mundo do rock. Produziu e escreveu letras para o Kiss. Também produtor  do Alice Cooper entre outras bandas. Hoje em dia está aposentado.
Vale ressaltar a coragem para viver as experiências que elas passaram sendo tão jovens. Enfrentaram calotes, espeluncas, drogas, brigas internas, preconceito do meio artístico: empresários, bandas, indústria fonográfica, imprensa, etc. The Runaways é um belíssimo capítulo da História do Rock. Elas abriram as portas para as mulheres ingressarem nesse mundo.
Por Juniorock

Nenhum comentário:

Postar um comentário