quinta-feira, junho 02, 2011

Randy Rhoads: um caminhão de coisas inéditas

Os dois primeiros discos de estúdio de Ozzy Osbourne foram relançados no mês passado com diversos materiais extras e raridades. 'Blizzard of Ozz' (1980) e 'Diary of a Madman' (1981) são as duas pérolas da carreira solo do vocalista inglês, que contou com o talento do genial Randy Rhoads nesses trabalhos. As reedições, naturalmente, privilegiam o legado do guitarrista, morto em 1982.

Contudo, do que depender de Bob Daisley, baixista e compositor que fazia parte da banda, muitas outras preciosidades poderiam vir à tona. O músico  falou sobre diversos aspectos daqueles anos, inclusive que tem "toneladas de coisas" desconhecidas do público. A chance de isso ver a luz do dia, entretanto, depende de um acordo com Sharon e Ozzy Osbourne.
O baixista disse ter arquivados registros de "ensaios, sessões de composição, canções que ninguém ouviu, gravações não utilizadas, toneladas de material". Além dele, Ozzy Osbourne e Randy Rhoads, completava a banda o baterista Lee Kerslake.

Nenhum comentário:

Postar um comentário