segunda-feira, janeiro 31, 2011

Paranoid: Black Sabbath (1970)


¨Paranoid¨ é o segundo álbum a banda Black Sabbath, lançado em 1970 no mesmo ano do ¨Black Sabbath¨ o primeirão dos caras. O álbum entrou para a lista dos mais importantes na lista do Heavy Metal, diferente do primeiro álbum a temática deixou de ser o ocultismo, com grandes criticas a sociedade, guerras, etc. Originalmente ¨Paranoid¨ sairia com o nome ¨War Pigs¨, foi mudado porque os produtores achavam que a musica PARANOID era muito boa e poderia se tornar um single. Com essa mudança não deu tempo para trocar a arte da capa,que deixa muito a desejar.
WAR PIGS: Acredita-se que a banda escreveu a música como um protesto a Guerra do Vietnã, mas quando a tocaram nos meados doas anos 70, a banda usou imagens da 2ª Guerra Mundial, outra curiosidade é que a música deveria se chamar ¨Walpurgis¨ é um nome de inspiração pagã, que provém de “Wal” (que significa pilha de mortos ou campo de batalha) e “bergs” (proteger). Bem durante a gravação do álbum o título e a letra foram mudados pois a original que era um a Jam Session soava muito satânica. Enquanto todos os membros da banda se diziam preocupados e querendo protestar contra as guerras, principalmente a do Vietnã, Ozzy Osbourne, vocalista, declarou que nada sabia sobre o Vietnã, e que era apenas uma música anti-guerra. A cara dele!
PARANOID: Um dos riffs mais tocados pelos iniciantes ao cargo de guitarrista. É uma das canções mais curtas da banda, a música não entraria para o álbum, o riff era apenas uma brincadeira de estúdio de Tony Iommi e seus amigos. Hino do Rock e uma das canções mais populares a música relata uma paranóia causada por problemas conjugais.
PLANET CARAVAN: Com uma guitarra limpa na introdução e uma melodia psicodélica, aqui a banda deixa os temas sociais de lado e escreve sobre uma “caravana planetária”, que seria uma “nave”… que viajando pelo espaço, observa a beleza da Terra e da lua em sua órbita, depois seguindo para Marte… e por ai vai. Chegou-se a cogitar que não era Ozzy nos vocais, e sim Geezer, tudo isso porque Ozzy teria usado um equipamento chamado “Leslie Speaker¨.
IRON MAN: Talvez o maior clássico da banda, chega a disputar com PARANOID a riff mais aprendido entre os guitarristas. O título da música foi escolhido por Ozzy e Butler, enquanto escreviam a letra, a música deveria ser chamada de “Iron Bloke” e após Ozzy ouvir o riff principal pela primeira vez, disse: “Soa como um grande bloco de ferro se movendo” e o título foi mudado para “Iron Man”. Os versos da música, contam a história de um homem que viaja ao futuro e vê o apocalipse, e no processo de voltar ao presente acaba se transformando em metal devido a um campo magnético.X-Men total.
ELECTRIC FUNERAL: Seria uma mistura de WAR PIGS com PLANET CARAVAN? Um riff cheios de ¨Wah-Wahs¨(pedal de efeito para guitarras) Iommi, o homem-riff, tem o don de empreguinar a mente de quem o ouve. Pesada,Sombria e Psicodélica a letra trata de um cenário pós-apocaliptico
,mutantes,vida miserável,etc.
HAND OF DOOM: Uma música pouco ouvida, geralmente a galera pulava essa música, levantavam o braço da vitrola com cuidado para não dar nenhum ¨pléck¨ e colocava a próxima. O riff de baixo de Geezer no inicio dita o ritmo da canção. Na letra muita heroína, uma substância usada em demasia pelos soldados americanos no Vietnã, que voltaram viciados .Mas com o passar do tempo e de tanto deixar rolar o vinil inteiro, passei a gostar desta música,que ao vivo fica bem legal.
RAT SALAD: Um instrumental agitado, talvez a intenção fosse não só mostrar o lado virtuoso dos músicos, mas a musicalidade. Apesar de parecer um pedaço de qualquer música que acabaram colocando ali, é uma boa faixa e empolgante. Iommi numa performance muito legal, seguido de um solo de Bill Ward interessante.
FAIRIES WEAR BOOTS: Para findar o álbum outra psicodélica com um título chapado. Iommi explica: “Ozzy e Geezer estavam fumando na praça e foram atacados por skinheads, e os dois afirmavam que tinham sido atacados por fadas, que vestiam botas¨. A música é recheada de solos de Iommi, e uma linha de baixo invejável. Nada mau,um puta resultado para uma viagem de THC.




Tony Iommi - Guitarra
Geezer Butler - Baixo
Bill Ward- Bateria
Ozzy Osbourne- Vocal
por: vermelho


fonte:roqueveloz


4 comentários:

  1. São álbuns como esse, que construiram a história do rock. Clássico!

    ResponderExcluir
  2. A caixa Leslie que o Ozzy canta em Planet Caravan é a caixa (amp) do Hammond! Animal o efeito!

    Esse canal do youtube tem muitas pérolas e raridades do Sabbath, recomendo pros amigos Stockroqueiros: http://www.youtube.com/user/blacksabfan

    (O cara tb curte Thin Lizzy, varias coisas bacanas também e raridades)

    Abs

    Daniel Alemão

    ResponderExcluir